A BRASILEIRA QUE FEZ LA FEMME COMER LA NATURE DE FRANK BURBAGE

Cecilia Cavalieri fez seu jorro ir tão longe, até chegar onde publicou, em língua francesa, o LA FEMME – o que ela não chama de livro e sim de dispositivo contracolonial de discurso filosófico.