Quem Somos

Revistas de Cultura é uma plataforma de conteúdo e assinatura de periódicos e coleções de livros, com parceria com editoras de diversos países – Pato-en-la-cara (Argentina), Azougue (Brasil) e Oca (Portugal).

A proposta de Revistas de Cultura é permitir o acesso a importantes coleções e revistas já existentes, como a Tembetá, de pensamento indígena no Brasil, e a revista Palavbras Andantes, de poesia contemporânea ibero-americana, e também a novos projetos, como a Revista Expressa, de arte gráfica e hq/banda desenhada, e os Cadernos Ultramares, de pensamento brasileiro, publicada em Portugal.

Além disso, a plataforma publicará conteúdos exclusivos e dos projetos parceiros, como entrevistas, textos e documentos. Desta forma, Revistas de Cultura é uma plataforma de diálogo difusão entre a cultura e o pensamento de diferentes países, estreitando laços e criando espaços.

76613101_424128814942904_8176350948159913984_n (1)Ana Paula Simonaci é curadora, poeta, editora e pesquisadora, formada como bibliotecária, mestre e doutoranda em Memória Social pelo PPGMS- UNIRIO. Pesquisa nos temas: análise de imagem, análise do discurso com foco em ciência e bandes dessinées.  É também curadora de projetos culturais, como festivais, mostras, exposições literárias, seminários, entre outros. Foi analista técnica na Gerência de Cultura do Sesc Rio de Janeiro, e atuou também na coordenação das bibliotecas fixas e móveis do Sesc Rio, com atividades relativas a livro, leitura e biblioteca e realização de curadoria de projetos culturais, como festivais, mostras, exposições literárias, seminários, entre outros. Com a Gerência de Cultura do Sesc Rio, realizou a curadoria da programação de literatura do Festival Sesc de inverno (2015, 2016 2017) e idealizou os eventos literários Leminski-se tenta (Teatro Sesc Ginástico, 2014); Torquato Neto – eu sou como sou (Teatro Sesc Ginástico, 2014); Ferreira Gullar – Porque a vida não basta (Teatro Sesc Ginástico, 2015); Mario de Andrade – Eu sou trezentos e cinquenta (Teatro Sesc Ginástico, 2015); Corrupção & Poder (Sesc Copacabana, 2016); A Palavra Líquida Caio F. Epifanias (Sesc Copacabana, 2016) e A Palavra Líquida Questões de Gênero (Sesc Tijuca, 2017), Circuito de Autores (2017), Circuito de Contadores de Histórias (2017), Festival de Inverno – Tropicália (2018), Circuito de Contadores de Histórias (2017) e A Palavra Líquida – Universo dos Quadrinhos (2018). É autora do livro de poesias Voo (2017)

36589954_2398224333536070_8345742057427435520_o.jpg Sergio Cohn é um poeta e editor brasileiro. Criou em 1994 a revista de poesia Azougue e em 2001 a Azougue Editorial. Além de editor da Azougue, editou outras revistas culturais como a Nau, e o Atual – O último jornal da Terra e publicou diversos livros. Como poeta, é autor de “Lábio dos Afogados” (Nankin, 1999),[5] “Horizonte de eventos” (Azougue, 2002), “O sonhador insone” (Azougue, 2006), “O sonhador insone – poesia 1994-2012” (Azougue, 2012), “Esse tempo” (7Letras, 2015) e “Um contraprograma” (Patuá, 2016). É autor dos livros “Nuvem Cigana – poesia e delírio no Rio dos anos 1970” (Azougue, 2008), “Cultura Digital.br” (com Rodrigo Savazoni, Azougue, 2009),[6] “Revistas de invenção – 100 revistas de cultura do modernismo ao século XXI” (Azougue, 2011), “Poesia.br” (10 volumes, Azougue, 2013),[7] “Roberto Piva” (Coleção Ciranda da Poesia, EdUerj, 2013), “A reflexão atuante – entrevistas e ensaios interventivos” (Circuito, 2014). Organizou livros de Jorge Mautner, Hélio Oiticica, Flávio de Carvalho, Ailton Krenak, Vinicius de Moraes, Darcy Ribeiro, Gary Snyder e Michael McClure, entre outros. Entre 2009 e 2013, editou, com Fred Coelho e Heyk Pimenta, o tabloide Atual – o último jornal da Terra. Em 2013-2014, editou, com Didi Rezende e Afonso Luz, a revista Nau. Em 2015, organizou o LP de poesia Garganta, com colaboração de 20 poetas contemporâneos, entre eles Ana Martins Marques, Alice Sant’Anna, Angélica Freitas, Fabrício Corsaletti e Gregório Duvivier. Em 2016, organiza, em parceria com Marcelo Reis de Mello e Germano Weiss, a coleção Postal, com antologias artesanais de grandes poetas brasileiros, como Roberto Piva, Torquato Neto, Carlito Azevedo, Leonardo Fróes, Josely Vianna Baptista, Claudia Roquette-Pinto e Claudio Willer.

Ana Paula Simonaci e Sergio Cohn são casados e apaixonados por livros.

71879008_3502382169786942_9194653888353927168_o

 

%d blogueiros gostam disto: